You are here: Home Notícias de Carrossel Portaria altera período de adesão ao PRT devido à perda de eficácia de MP
Document Actions

Portaria altera período de adesão ao PRT devido à perda de eficácia de MP

05-06-2017 20:40  —  141096 visualizações

Contribuintes que já haviam aderido ao programa não serão afetados

Portaria altera período de adesão ao PRT devido à perda de eficácia de MP

comunicação CDA

Foi publicada na edição de hoje (5) do Diário Oficial da União (DOU) a Portaria nº 592, de 2 de junho de 2017. O texto altera a Portaria nº 152, de 2 de fevereiro de 2017, que dispunha sobre o Programa de Regularização Tributária (PRT) no âmbito da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN). O documento foi editado em razão da perda de eficácia da Medida Provisória (MP) nº 766/2017.

A Portaria alterou o período de adesão ao PRT, que se encerrou no último dia 1º para parcelamento de débitos, no âmbito da PGFN, decorrentes das contribuições sociais previstas nas alíneas “a”, “b” e “c” do parágrafo único do art. 11 da Lei nº 8.212, de 24 de julho de 1991, das contribuições instituídas a título de substituição e das contribuições devidas a terceiros, assim entendidas outras entidades e fundos; e os demais débitos administrados pela PGFN.

Também foram encerradas no dia 1º de junho a adesão ao parcelamento de débitos relativos às contribuições sociais instituídas pela Lei Complementar nº 110, de 29 de junho de 2001. O pedido deveria ser realizado nas agências da Caixa Econômica Federal (Caixa) localizadas na Unidade da Federação na qual estivesse localizado o estabelecimento do empregador solicitante.

Quem aderiu ao PRT durante o período de vigência da MP 766 não será afetado, permanecendo-se as relações jurídicas constituídas regidas pelo referido ato normativo e pela portaria que regulamentou o programa de parcelamento no âmbito da PGFN.

Em edição extra do DOU do último dia 31 foi publicada a Medida Provisória nº 783, que instituiu o Programa Especial de Regularização Tributária (PERT). O programa será regulamentado pela PGFN em até 30 dias da sua edição e por meio dele os contribuintes poderão liquidar dívidas perante a Receita Federal e a PGFN vencidas até o dia 30 de abril de 2017.

Para mais informações sobre o PERT, clique aqui.
 

Navigation
Unidades e Responsáveis
Mapa do Brasil Paraíba Pernambuco Alagoas Sergipe Rio Grande do Norte Ceará Bahia Espírito Santo Rio de Janeiro São Paulo Minas Gerais Paraná Santa Catarina Rio Grande do Sul Distrito Federal Goiás Mato Grosso do Sul Mato Grosso Rondônia Acre Amazonas Roraima Pará Tocantins Manaus Amapá Piauí